A PROVAÇÃO DO CRENTE

06/12/2013 11:06
   
Gênesis 22:1-17         
A história de Abraão além de ser bastante conhecido é também comovente devido seus desafios enfrentados pela fé em nome de Deus. Em muitos aspectos ela se parece com a nossa, pelo menos, nas dificuldades, fracassos e lutas, claro, algumas vezes, vitórias.
          Neste caso, vale a pena conhecermos um pouco mais sobre Abraão e os aspectos de sua vida que se assemelham às nossas. 
 
1) Deus reserva sempre um tempo para nos provar. Foi assim com Abraão, será assim conosco! O verso 1, diz: "~Depois destas coisas, pôs Deus Abraão à prova..." 
A prova é um teste para examinar e nos capacitar na fé. Sem provas não há crescimento. Esta é a maneira mais eficaz de Deus nos avaliar. Tais provas são sem acepções de pessoas, ou seja, todos nós um dia ou mais seremos testados através de sofrimentos, cobranças ou perseguições. Queira você ou não, acostume-se com a ideia e saiba ser paciente quando chegar o seu dia. Lembre-se de Abraão que obedeceu sem hesitar mesmo com alto custo (v.3,10).
 
2) A provação de Deus é gradual. O amigos de Deus já havia sido testado muitas vezes antes, não há novidade nisto, o novo está no fato da intensidade desta última prova. Deus lhe exigia um sacrifício, sacrifício do seu filho Isaac.
O sacrifício exigia o que ele mais amava na vida (v.2). Com certeza esta era a maior prova de fé que se exigia de Abraão. Não é diferente conosco, as provas aumentam com o passar do tempo e não é só de tamanho, também de intensidade e complexidade. Mas, claro, nunca seremos testados acima de nossas forças (1 Corintios 10:13).
As provas aumentam, porém, ao final nos damos conta de que saímos mais fortes, sábios e crentes desta do que da última vez. Assim sendo:"... não desmaies quando por Deus fores repreendido, porque Ele disciplina o filho que ama" (Heb.12:5). Confie na Sua graça e amor. Ele guiará você.
 
2) Toda prova devidamente apreendida será seguida de incontáveis bençãos. O texto diz: "... porquanto não me negaste o teu único filho, certamente te abençoarei, e grandissimamente multiplicarei a tua descendência" (v.16,17).
A benção é prometida não para quem é provado, mas para quem responde com fé a provação. Quem aprende a lição e dá demonstração de obediência e confiança em Deus "JEOVÁ NISSI" (SENHOR PROVERÁ).
Aqui, ouso uma dica. Quem não aprende a lição que Deus quer ensinar através da prova, terá de repeti-la.
Para não encompridar o teu sofrimento faça como Abraão, aja rápido e faça o que Deus exige de você. Amém?
Agora sim, o resultado será: "certamente te abençoarei" (v.16).
Vai em paz meu irmão ou minha irmã ao caminho da terra de Moriá (v.2).
 
No amor de Deus;

—————

Voltar



Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!