O que o crente não deve esquecer na tormenta.

05/06/2014 11:46
 1 Reis 19:8-13
 
          O profeta Elias havia terminado uma grande obra de reforma espiritual em Israel. Havia enfrentado os falsos profetas e mensageiros dos abomináveis ídolos pagãos introduzidos na nação pela ímpia rainha Jezabel. A rainha sentindo-se confrontada pelo profeta ameça-o de morte. Sem demora, Elias foge para o monte Horebe para se refugiar ali.
          É neste contexto de tormenta e provação que Elias experimenta uma maravilhosa comunhão com Deus. Olhando de perto podemos aprender lições ricas para nossa fé e crescimento espiritual mesmo diante de grande tribulação. Vejamos quais são e como aplicá-las à nossa vida:
         Primeira: Há uma grande caminhada até chegarmos a Horebe, o monte de Deus (v.8). Elias teve de percorrer um percurso de 40 dias e 40 noites até chegar aquele lugar aonde Deus falaria com ele.Em meio às provações é necessário ter determinação e continuar caminhando com o Eterno, muitas vezes este caminho é longo, árido, cheio de dúvidas, medos e incertezas. Porém, é somente lá onde encontraremos abrigo, paz e orientação.
           Segunda: Deus está sempre mais interessado em falar do que nós preparados a ouvir. O verso 9, diz: "E eis que a palavra do SENHOR veio a Elias"... Foi só chegar em Horebe, Deus passou a falar com seu profeta. Acontece que ele não estava ainda preparado para ouvir, isto por vários motivos, porque estava com medo, sentia-se ameaçado, possuído de zelo próprio; acima de tudo, porque tinha muito a dizer e pouco a ouvir de verdade. Deus lhe fez uma pergunta e Elias vomitou uma enxurrada de argumentos "convincentes" e repetitivos (v.9, 10 e 14). Nestes momentos é importante fazer como Samuel: "Fala, SENHOR, que o teu servo ouve"! Qual foi a última vez que você se acalmou e buscou simplesmente ouvir?
             Terceira: Só ouvem a voz de Deus ou descobrem os propósitos do Altíssimo aqueles que são capazes de suportar grandes tormentas e depois permanecerem posicionados no lugar da prova e com a disposição firme diante do SENHOR (v. 11 a 13). Elias foi provado em vários estágios (v. 11, 12), como recompensa de sua firmeza ouviu a Deus (v.13) e conheceu os propósitos secretos do SENHOR para sua vida e tudo em sua volta (v.15,16). Permaneça firme no teu Deus! Não deixe que o barulho das rochas ruindo em sua volta te assuste ou afaste do monte de Deus que você já alcançou com tanto esforço.Não aceite que o fogo da dor e da perseguição te remova do lugar da prova, porque uma hora este lugar da prova se transformará em lugar da benção.
               Quarta: Por pior que pareça a situação, por mais catastróficas que se apresentem, lembre-se: teu Deus sempre estará no controle (v. 14 a 16). Elias viu o quadro o pior possível, porque ele só via através de seus olhos aflitos, mas Deus que é Soberano na Terra lhe mostrou que estava fazendo novas todas as coisas (v.15,16). Elias se via sozinho e o testemunho de Deus ameaçado (v.14). Mas Deus lhe mostrou sua mão poderosa e conservadora capaz de guardar não somente ele, mas a outros 7 mil na mesma condição que a sua (v.18). Não esqueça de que o teu Deus tem todo o poder, e pode transformar sua tormenta em alívio e esperança. Se você está vendo tudo perdido é porque está olhando do lado errado.
 
No amor de Deus;
 

 

—————

Voltar



Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!